Relativamente ao post de ontem…

Quando o professor me chamou a atenção disse-me que o o miúdo estava a dizer “Fuck” (se chegou a dizer o termo em português não sei! eheheh) tentei prestar atenção para perceber o que diziam. Eles estavam completamente alheios ao facto de que nós já estavamos atentos! Devido ao meu avançado grau de surdez “pila” foi a única palavra que consegui destinguir.

Depois da resposta dele eu perguntei-lhe:

– Mas sabes que és muito novo para fazer filhos?

Ele respondeu muito cabisbaixo:

– Mas gostava…

Eu- Primeiro tens de acabar a escola toda, depois tens de arranjar trabalho, e só depois podes pensar nisso!
Costumas conversar sobre isso com os teus pais?

R. – Sim!

Eu – Ok então. Tens de ter cuidado com as palavras que escolhes e com as conversas que tens. Está bem?

R. – Sim.

Sei que “pila” não é uma palavra feia, naturalmente. E para ser sincera, assusta-me o grau de profundidade com que os pais já tiveram “A CONVERSA”… Ele tem 7 anos! Segundo a mãe, ele tem mais do que uma namorada na escola e andam aos beijos!!! Até ai, tudo bem, mas… sabendo ele o que já sabe, até que ponto já não tentou outras coisas com as miúdas???

Ok ok! Já estou a imaginar demais, mas sei com toda a certeza, que é por essas que coisas menos porreiras acontecem.

Quando perguntei aos outros dois miúdos qual o teor da conversa, disseram-me que ele explicou tudinho sobre o acto de fazer filhos! (Quer era preciso ter a pila em pé e depois enfiava e … etc…). Repito, estou a falar de um miúdo de 7 anos a falar para um de 10 e outro mais ou menos da mesma idade. Eles estavam boquiabertos (a rir claro, mas completamente chocados).

Claro que levei a coisa com calma, o mais compreensiva e o mais docemente que consigo, afinal, eu não sou ninguém para “corrigir” a educação que os pais lhe dão (mas aviso desde já que a mãe, é um amor de pessoa mas cheira-me que demasiado permissiva e o pai.. bom! o pai é um palerma de primeira! Acreditam que queria que o miudo tocasse o seu instrumento correctamente aos 5 anos de idade?? “Porque existem crianças de 7 anos a tocar concertos completos????” JAZUZ!) Enfim…

Espero que se algum dia tiver filhos tenha melhor habilidade mental para lidar com as tarefas da educação!

🙂

Advertisements

About Aislin

32. Music teacher. Acrobatic lover. Vegan. Love to cook. Love animals. Trying to live a full, meaningfull and happy life!
This entry was posted in Sem assunto. Bookmark the permalink.

2 Responses to Relativamente ao post de ontem…

  1. ÁdesCávir says:

    ” Acreditam que queria que o miudo tocasse o seu instrumento correctamente aos 5 anos de idade??” – Epá…. esta frase, no contexto do texto….já estou quase a chorar de tanto rir sozinha, ahahah 😀 Realmente, que pais esses =/ Eu sei que é preciso ensinar, mas… com limites! Lembro-me de com 8 anos estar a explicar a uma colega minha que o homem e a mulher eram “diferentes” (apesar dos meus pais nunca me terem explicado, eu sabia porque… sei lá, sabia!) e a minha colega correu (literalmente) por toda a escola a gritar/gozar que a ÁdesCávir era parva e achava que o homem e a mulher “se enfiavam” (foi mais ou menos assim). A partir daí deixei de me interessar pelo assunto (até à puberdade, ahahahah) e no fim de contas, eu tinha razão, ehehehhe 😀

  2. Cláudia says:

    LOL realmente pensei o mesmo que a Ádescávir LOL
    Essa de tocar o instrumento, pensei outras coisas, até falares em concertos lool

    Realmente não sei como lidaria com a situação. Como disse, eles devem andar informados, mas isso parece-me informação a mais para a idade. Porque lá está, depois riem-se e não sabem na realidade o que é =S

    Beijocas

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s